Navegações
Diário de bordo
Capa Textos Perfil
Textos
Misturas
Tanto fazia anoitecer ou raiar do dia.
Não tinha hora nem dia.
Meu corpo deitado.
Olhar molhado.
Com lágrimas tristes.
Meu ser encostado.
Aparentando cansaço.
Porém em pedaços.
Punha-se a chorar.
Chorava da Vida.
Chorava da Morte.
Chorava de ambas.
Que em mim.
Teimavam em se misturar.

Mistura confusa.
Dentre tantas misturas.
De sonhos sonhados.
De sonhos vividos.
De sonhos buscados.
De sonhos interrompidos.

Do Coração reinador.
Do Coração sonhador.
Do Coração amante.
Do Coração antigo.
Do Coração amigo.
Do Coração Criança.

Da mente crédula.
Da mente cética.
Da mente fria.
Da mente ausente.
Da mente casta.
Da mente leve.
Da mente suja.

Do corpo sereno.
Do corpo quente.
Do corpo reivindicador.
Do corpo entregue.
E por fim.

Mundo de misturas.
Mundo de amores.
Mundo de fusões.
Mundo de paixões.
Mundo de encontros.
E mundo de despedidas.

A lua me faz sereno.
Vivendo na noite.
Reinando com ela.
Sonhando com o dia.
O sol me faz confiante.
Ponho-me falante.
Chorando talvez a falta da noite.
Rodrigo Donvilla
Enviado por Rodrigo Donvilla em 13/06/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Capa Textos Perfil